11 de dezembro de 2011

PARTHENON LANÇA A PRIMEIRA ANTOLOGIA EM PROSA E VERSO

PARTHENON CENTRO DE ARTE E CULTURA
 LANÇA A PRIMEIRA ANTOLOGIA LITERÁRIA




Fachada Parthenon  2010/2011
 (foto de Mauro Carreiro Nolasco)



O Parthenon Centro de Arte e Cultura de Niterói - RJ - lançou sua primeira Antologia Literária de prosa e versos, com o nome bem criativo "Presença Literária" no dia 06 de dezembro de 2011,  às 16 horas, a Antologia que foi publicada pelo Grupo Editorial Parthenon, contém 260 páginas e contém obras de 97 escritores renomados fluminenses.

Dentre eles destacam, Luis Antônio Pimentel, Celso Peçanha, Neusa Peçanha, Dionilce Faria, Waldenir Bragança, Edmo Rodrigues Lutterbach (escritor falecido antes da publicação do livro, sendo assim foi homenageado com todo o valor literário que Edmo tinha). O Focus parabeniza os organizadores desta grande obra, que somente veio para enriquecer a cultura de Niterói. Acreditando que os leitores terão uma preciosidade nas mãos, recheadas de textos primorosos de literatos que o mundo inteiro precisa conhecer.





CONVITE



PRESENÇA Literária
 

PRESENÇA Literária é o nome do mais recente livro do Parthenon Centro de Arte e Cultura. O segmento Grupo Editorial Parthenon, ao completar 10 anos, publica este que é seu título de número 44. A primeira antologia, em prosa e verso, sob sua coordenação.
A soma de esforços – do Parthenon na presença de sua idealizadora, criadora e presidente, a artista plástica Verônica Debellian Accetta; do responsável pelo Grupo Editorial Parthenon, o professor Mauro Carreiro Nolasco; da tenaz Adélia Costa Lima, que divide com o Mauro a organização da coletânea; e de todo os participantes – as noventa e quatro pessoas que juntamente com Verônica, Mauro e Adélia totalizam os 97 escritores, que constam da obra foram colaboradores no esforço desprendido para a realização desta publicação – Presença Literária.
O livro é prefaciado por Verônica Debellian Accetta, Adélia Costa Lima e Mauro Carreiro Nolasco.
Mauro disse que até o dia do lançamento – tudo sobre o livro era mantido em segredo dos participantes – e o resultado superou o que cada um imaginava.

E acrescenta – “Em nome de toda a estrutura de viabilização deste trabalho, o agradecimento especial ao amigo de longa data, Iran Pitthan, pela inestimável ajuda de construção do livro e a Belvedere Bruno pela importantíssima ajuda na divulgação (ambos brilhando com seus textos na coletânea). Manifesto a vocês nossa admiração e com alegria deixo meu abraço e, o desejo de vida longa aos queridos amigos.”.



Lista dos noventa e sete escritores
integrantes da coletânea:

Acyr Costa, Adélia Costa Lima, Airan Filgueiras, Alan Silveira da Silva, Alba Helena Corrêa, Alvaro Acioli, André Varella, Angelo Vargas, Antonio Latempa, Astrida Alegria, Belvedere Bruno, Carmen Brasil, Ceci M. Santos, Celso Peçanha, Daniel Scarmont, De Luna Freire, Deila Scharra, Dinah Terra Peixoto, Dionilce Silva de Faria, Diva Ribeiro, Dolores Rodrigues Torres, Dulce Quaresma, Dulce Rocha de Mattos, Edmo Rodrigues Lutterbach, Edna Boa Hora Torres, Edna Coelho Barbosa, Edna Vasconcelos, Edna Zambão da Silva, Edson Dória, Elenir Moreira Texeira, Eneida Fortuna Barros, Erika Lopes, Evandro Terra Peixoto, Eymar Fonseca, Fatima Reis, Fernando Terra Peixoto, Gentil da Costa Lima, Gentil Moreira de Souza, Gilda Baptista de Freitas, Graça Porto, Helena Pontes, Henriqueta Guimarães, Idel Rocha, Iliana Manhães, Iran N. Pitthan, Irinéa Pereira Gomes, Izabel Ferreira de Abreu, João Baptista Rosa, João Carlos de Figueiredo, Julio Maciel, Leda Maia, Leda Mendes Jorge, Leonila Maria Murinelly Lima, Liane Arêas, Lilia Vales, Lira Vargas, Lourdes Maria Sampaio Guimarães, Lucas Accetta Rojas, Lucia de Souza Raymundo, Lucy Pellegrino, Luís Antônio Pimentel, Luiz Calheiros, Marcia Maia, Marco Aurélio Faria, Maria Apparecida Picanço Goulart, Maria Otília Marques Camillo, Matilde Carone Slaibi Conti, Mauro Carreiro Nolasco, Milton Matera, Nair Sansão, Neide Barros Rêgo, Neide Cárdenas, Neusa Peçanha, Nita Pasini, Odir Vernon, P. R. Cecchetti, Paula Cotrim, Quinhas, Renata Lima, Rita Cotrim, Rodrigo Nascimento, Ronaldo Costa Lima, Salammbô Pessoa, Sália Vera, Sonia Acioli, Sonia Figueiredo, Sônia Palmisciano, Soymara, Stelling, Uyára Schiefer, Véra de Beaurepaire-Rohan, Veronica Debellian Accetta, Veruscka Ruys Lopes, Waldenir de Bragança, Yara Vidal Fonseca, Yole Caldas, Zeneida Apolonio Seixas

No segmento das letras o Parthenon tem estruturado em seu planejamento para 2012, a publicação do segundo volume da série da antologia, além de organizar o segundo concurso de contos e de lançar uma coletânea com 20 escritores em mini contos. E ainda iniciará aulas de criação literária – oficinas para desenvolver e reciclar a capacidade de escrita, sensibilizando e promovendo condições para a produção de textos literários.


Parthenon Centro de Arte e Cultura – 27 anos de existência completados em 8 de dezembro de 2011.

O Parthenon fica na Rua General Andrade Neves 40, Centro de Niterói - RJ
Está aberto de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 h.
Telefones (21) 2711-2256 e 3619-8119,


Prefácios:



O homem vive e cresce em desafios.
Nascer já é um difícil empreendimento. Vencer as trevas, ganhar a luz – já se começa lutando.
Os mais fortes vencem e seguem em seus diários confrontos, batalhas a superar para crescer.
O exemplo da história nos mostra isso, como parâmetro do que temos a enfrentar para mudar o amanhã e não sermos esquecidos.
A marca que deixamos escrita, gravada na literatura, ciência ou outras formas do fazer, reafirmam nossa passagem por esta breve existência.
Na Grécia Clássica, Péricles desafiou o mundo ao fazer o Parthenon, templo dedicado à deusa Atenas, projetado por Ictino. Em seus frisos, a grande escultura de Atenas foi concebida por Fídias, que pagou com a vida a participação no desafio de construção da obra. Tal obra marcaria uma época e registraria para sempre seu nome, bem como o de Péricles e Ictino, que ficaram gravados na história como símbolos das grandes mudanças de pensamento na Grécia Clássica.
Quando fundado, em 1984, o Parthenon Centro de Arte e Cultura foi um desafio, e continua sendo, no esforço de marcar a presença dos artistas de Niterói como símbolos da cultura contemporânea.
Dando continuidade a esse propósito, a Antologia “Presença”, certamente gravará, na história da literatura da cidade os nomes de seus participantes.
Suas obras mostrarão o perfil cultural, bem como a coragem de enfrentar e vencer desafios, que a falta de recursos e apoio determinam, fazendo nascer uma obra que será, sem dúvida, emblemática em seus propósitos e marcante pela participação dos autores que dela constam.
Será, temos certeza, um momento único na literatura de Niterói, um desafio que foi vencido.
Diz: Verônica Debellian Acceta - Ilustradora
                                                                                   
 Verônica Debellian Accetta





-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-



PRESENÇA, estar, ser – em um ou vários lugares – sem tempo definido.
Semear palavras, sentimentos, iluminar o próximo, amando-o como a si mesmo.
PRESENÇA, espalhar pensamentos, aliar-se ao momento – seja ele qual for – vivido ou sonhado, neste ou em outros mundos.
PRESENÇA, solitária ou partilhada, o ser em constante movimento, em vários cenários – sem preconceitos.
O nome escolhido para essa antologia reflete a perenidade dos autores participantes, independentemente de onde estiverem, aqui entre nós ou distantes. Os textos refletem os desafios da vida, suas experiências e sentimentos. Ao lê-los, embrenhamo-nos em mundos diversos, presentes também em nosso íntimo, e que, com os autores, compartilhamos.
A presente obra, sem a pretensão de ser e de ter o espírito crítico de seu tempo, vem projetar ao futuro os nomes de seus participantes.
As obras aqui presentes não carecem de rótulos ou de inserção em períodos determinados. Fazem parte do imaginário coletivo de varias gerações. São pedaços de vida existentes em algum lugar, sem contudo demarcar lugar algum. São onipresentes, estados de espírito, motivações, PRESENÇAs.
A idéia de reunir os escritores desta obra partiu do desejo de aglutinar o pensamento daqueles que convivem no espaço contemporâneo. A PRESENÇA de Adélia Costa Lima foi apoio fundamental para reunir – pessoas e textos – autores e obras. Sem sua tenacidade não teria ocorrido o primeiro passo.
O brilho das mentes que aceitaram o desafio de compor este livro certamente deixará um rastro de luz sempre presente para gerações vindouras, que refletirão este efeito ao consultá-lo repetidamente. Como é desejo de Adélia, este será também um livro para consultas sobre as ideias deste tempo.
O livro conta ainda com ilustrações de Verônica Debellian Accetta, que criou a série PRESENÇA, motivada pela ideia do livro. Elas mostram PRESENÇA, em lugares e tempos diferentes, através dos personagens em movimento.
Ao lado dessa PRESENÇA mágica – os autores – o imaginário se enriquece e o organizador se faz também de autor e ousa participar com texto seu na obra.
O ato de agradecer é imprescindível neste momento. Partilhar o que não seria possível acontecer sem as PRESENÇAS aqui reunidas, que não se fragmentaram, mas constituem um sonho realizado num ato – uno e criador.  Diz: Mauro Carreiro Nolasco - Organizador da Antologia

   Mauro Carreiro Nolasco

                                                                                                                   

-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-


Procuramos selecionar os melhores poetas e escritores. Admiramos sons agradáveis aos ouvidos. Frases harmoniosas dão encantes à leitura. A naturalidade ressurge com dizeres mais belo!...
Não vamos nos limitar apenas ao campo da Literatura, estender-nos-emos às artes plásticas... PARTHENON imaginou uma ANTOLOGIA, de diferente natureza, para seus adeptos. Seja você um ledor, como o foi Napoleão Bonaparte (em Brienne), que tirava a paciência do Bibliotecário do colégio.
Concordamos, plenamente, com Albalat ao considerar a leitura o “Alicerce da arte de escrever”. Enaltecemos nossa aspiração ao agradar-lhes, leitores, pela criatividade ousada dos escritores, pretendendo enriquecer, cada vez mais, nossas obras em relação à Cultura Universal.
Estamos divulgando conhecimentos e ampliando-os de maneiras diversificadas. Porém, na memória, só os colherá aquele que for um esplêndido sabedor do viver!
Expressaremos nossos agradecimentos a todos os participantes na PRESENÇA Literária, exaltando a nobreza do escritor:
Cumpridor de todo o direito do homem em plena igualdade. Pela sua dignidade que será reconhecido eternamente; que além de mostrar profissionalismo, revela o seu lado humano; que consagra o melhor de sua profissão com verdadeira ética; que com sua arte, atento à moral, divulga o Bem, despertando a criatividade; que com seus conhecimentos e sua fraternidade, cura as mazelas, aliviando as mágoas que tiram o brilho da alma, proporcionando um melhor amanhecer; que ao emitir seus conhecimentos, com muito amor, doa-se e ao ver que não foi inútil no seu saber, torna-se feliz; que equilibra a criatura para seu ingresso na vida social, recuperando sua autoestima. Enfim!... Exaltemos a nobreza do escritor que expressa seus pensamentos a serviço da humanidade com a rigidez da ética.
PRESENÇA Literária agradece a todos os escritores que, com sua cultura, enriquecem este trabalho.

                                                 Nos dizeres de 
                                              Adélia Costa Lima

  
Adélia Costa Lima - Organizadora





Contracapa:

O Parthenon com longos anos de vida de serviço prestado à cultura de nossa cidade publica a presente antologia, trabalho que se reveste de inegável importância dado a declarar o interesse de continuar a excelente atuação desta instituição em favor de nossas letras.
Entre os escritores presentes na antologia, o leitor encontrará páginas de poesia, contos, crônicas... Belos escritos assinados por autores de destaque e real valor em nosso meio literário.
Diante dessa iniciativa singular, felicito a professora Verônica Debellian Accetta, presidente deste centro de arte e cultura; professor Mauro Carreiro Nolasco e a professora Adélia Costa Lima, organizadores desta memorável edição.  Diz: Carlos Silvestre Mônaco - Grupo Mônaco de Cultura e Livraria Ideal.


 Carlos Silvestre Mônaco



                                                                                                                  




Homenageados



Presenças importantes na cidade de Niterói, com reflexos de suas ações em outras terras. Como exemplos de sabedoria, semeados no decorrer de suas existências, os espaços de seus currículos, nesta antologia, são exíguos para dizer de tudo o que fizeram. A presente homenagem se dirige a eles que nos honram com suas participações.

Celso Peçanha
Luís Antônio Pimentel
Neusa Peçanha




Edmo Lutterbach



Ontem, voltei ao solo venerado
...

Descumprindo com o combinado - estar presente no lançamento dessa coletâneas - O amigo Edmo Rodrigues Lutterbach nos deixou

Sua PRESENÇA é marcada por suas sublimes poesias e por sua ausência. Edmo está em solo venerado. Longe de nossos convívios mas protegido, no céu.

...

A fim da vida, quando eu for chamado,
e lá, no Céu, por Deus interrogado
sobre a saudade que levei daqui,
...

Eu cantarei a terra em que vivi.


Todos nós, sentindo sua falta, agradecemos e nos consolamos com esse registro.
Sua PRESENÇA, inevitavelmente, não se apagará.




Leia o texto integral de Edmo Lutterbarch


A TERRA EM QUE VIVI


 Edmo Rodrigues Lutterbach



Ontem, voltei ao solo venerado
em que passei os meus primeiros anos.
Forte impressão deixou-me emocionado
e me fez esquecer os desenganos.

Aquela estância foi o meu noivado -
centro de paz, convívio com os manos.
Ainda a amo! E hoje, enamorado,
eu a visito com euclidianos.

Ao fim da vida, quando eu for chamado,
e lá no Céu, por Deus interrogado
sobre a saudade que levei daqui,

irei louvar o chão que me é sagrado
e, com orgulho, atento ao meu passado,
eu cantarei a terra em que vivi.

Edmo Lutterbach



Edmo Lutterbach






Belvedere Bruno, Verônica Accetta e Mauro Nolasco






Caros amigos leitores na oportunidade leiam este livro, o FOCUS  o recomenda, pois existem textos belíssimos, de grandes escritores fluminenses.

-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-

2 comentários:

  1. Muito bom o seu trabalho, continue sempre assim divulgando trabalhos culturais. Parabéns - abraços Sérgio Ricardo Borsoi

    ResponderExcluir
  2. PARTHENON Centro de Arte e Cultura20 de dezembro de 2011 14:44

    Prezado Alberto Araujo

    Muito nos honra sua postagem sobre a Antologia.
    Estamos felizes por ter nosso trabalho divulgado em seu Blog, nos dá forças para novas realizações.

    A quem interessar a aquisição do livro pedimos nos contatar (2722-2256 – editora@parthenon.art.br).

    Desejamos a você, e a toda sua família, um Feliz Natal e um Ano Novo pleno de realizações.

    Com atenção.
    Veronica Debellian Accetta
    Presidente do Parthenon

    Mauro Carreiro Nolasco
    Grupo Editorial Parthenon

    ResponderExcluir